MEU DIÁRIO

BLOG PESSOAL MARLI MAIA

O nosso caminhar

A gente busca tanto essa tal de felicidade como se ela fosse o objetivo, mas na verdade ela é O NOSSO CAMINHAR pela vida…


Felicidade não é uma coisa, é um conjunto de atitudes, é um estado da nossa Alma, e a felicidade pode mudar de pessoa para pessoa.


Ser feliz para mim pode não ser o mesmo que ser feliz para você.


Então, quando você olha a vida de uma pessoa e “acha” que ela é feliz porque tem isso ou aquilo, você pode estar engando porque talvez, essa mesma pessoa, queira a vida que você tem.


E aí eu te pergunto, quem é feliz de fato?

A pessoa feliz é aquela que vive em paz com a vida que tem, sem se comparar a ninguém, sem criar expectativas, pois a partir do momento que você se compara a outra pessoa, você perde o seu referencial, que é VOCÊ!


A vida é simples, a gente que complica tudo!! Até parece que a gente perdeu o jeito de viver de maneira simples, valorizar coisas simples, buscar soluções simples, pessoas simples.

Quando as pessoas me perguntam se eu estou bem eu respondo que eu estou em paz. Isso não significa que eu não esteja feliz ou não tenha problemas, mas sim que estou em paz com eles e com a minha vida, e se eu não estiver satisfeita com alguma situação eu busco por mudanças ao invés de reclamar do que não está bom ou buscar um culpado.

Lembre-se, tudo tem seu tempo e para cada coisa há um momento debaixo dos céus.


Seja grato, SEMPRE! Por pior que possa parecer o cenário que você esteja vivendo,
AGRADEÇA! Essa é a oração mais poderosa que existe.


Com certeza a vida esteja te preparando para aquela “felicidade” que você tanto
almeja, mas que não saberá reconhece-la caso não trate a sua “cegueira”.

Sinta o prazer nas pequenas coisas: respire fundo, sinta o vento, o prazer de andar descalço na grama, sinta a vida! Isso é felicidade!!

Compartilhe:

Mais posts:

Me formei!

Graças ao amor que tenho pelas abelhas, eu me formei Tecnóloga em Apicultura e Meliponicultura! Sempre tive uma vontade enorme de unir a ciência ao

Floral para ressignificar a escassez

O medo que temos da escassez é aceitável até certo ponto porque ficamos alertas em relação aos nossos gastos desnecessários. Porém, muitas vezes, nos tornamos

Produtos Marli Maia