MEU DIÁRIO

BLOG PESSOAL MARLI MAIA

Vamos falar de dinheiro?

Você é daqueles que sente que não pode ou nunca vai ter dinheiro em sua vida por inúmeras razões?

Infelizmente, muita gente tem esse pensamento, é realmente muito comum e recebo muitos casos em meu consultório de pessoas falando sobre a dificuldade que elas têm em lidar com o dinheiro. Seja por conta de não conseguir se controlar e sair gastando ou por medo de que as pessoas fiquem pedindo e você não dizer não, etc, essa crença vai ficando cada vez mais forte, o que acaba te impedindo “de entrar na energia da prosperidade” e mudar a sua vida para melhor. A boa notícia é que é completamente possível trabalhar essa mentalidade com uma condição, você precisa querer e se propor a trabalhar essa mudança em sua vida.

Primeiro, temos que entender que dinheiro não é papel mas sim, energia. Segundo, que problemas com gastos em excesso e outras coisas podem ser evitados trabalhando esse conhecimento. Terceiro, seu emocional está diretamente ligado à sua energia financeira.

Comece a se policiar na maneira que você gasta o seu dinheiro e como anda o seu emocional. Claro que é importante você ter o seu lazer, precisamos dele para a nossa saúde mental, física e espiritual, mas saber o que é lazer e o que é “jogar fora”, é sabedoria que vem com o aprendizado.

Se isso for algo muito difícil para você no início, peça ajuda de uma pessoa de confiança, que você sabe que vai te auxiliar nesse controle.

Crie também o costume de guardar um certo percentual dos seus ganhos, pois ter uma reserva é importante, mas lembre-se que esse dinheiro é uma reserva, portanto, evite usá-lo.

Você percebeu uma coisa? Que para o sucesso dessas dicas que citei tudo depende de você? Quando você começa a entender isso, tudo começa a funcionar melhor, pois você saberá onde estão começando as dificuldades, podendo agir diretamente nos pontos de origem delas. A nossa força de vontade é capaz de nos fazer alcançar o que quisermos!

Compartilhe:

Mais posts:

Me formei!

Graças ao amor que tenho pelas abelhas, eu me formei Tecnóloga em Apicultura e Meliponicultura! Sempre tive uma vontade enorme de unir a ciência ao

Floral para ressignificar a escassez

O medo que temos da escassez é aceitável até certo ponto porque ficamos alertas em relação aos nossos gastos desnecessários. Porém, muitas vezes, nos tornamos

Produtos Marli Maia